Pesquisar neste blog:

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

DICAS DE VIAGEM: NEW ORLEANS/EUA


O dia 12 de fevereiro é um dos dias mais importantes do ano para a cidade de New Orleans/EUA. 

É o famoso dia do Mardi Gras, um dos carnavais mais famosos do mundo, que tem seu primeiro registro datado de 1699. 

Mardi Gras, que em francês significa 'terça-feira gorda', é muito esperado e conhecido por suas máscaras de gesso, colares e paradas com bandinhas durante todo o período de Carnaval, sendo que na terça-feira, o dia de Mardi Gras. Veja como foram as comemorações no site do evento.

Conhecendo New Orleans...

Infelizmente, no dia 29 de agosto de 2005, New Orleans foi devastada pelo furacão Katrina, que se formou nas Bahamas, e chegou na região de Louisiana deixando mais em torno de 1500 mortos, e a Cidade simplesmente destruída! Foi um dos mais catastróficos furacões registrados na região, atingindo de forma drástica a rotina, a economia e a segurança da cidade ao longo dos anos dos últimos anos.




Estivemos em New Orleans durante o mês de novembro de 2012, e pudemos observar que a cidade se recuperou, no entanto, é visível alguns sinais remanescentes da catástrofe de nome Katrina. 

Magazine Street, uma rua de quase 10km de extensão
Por outro lado, New Orleans, mesmo estando dentro do território Americano, apresenta algumas peculiaridades em relação à maioria dos Estados americanos, seja pela Arquitetura, cultura, música, culinária... New Orleans é pura curtição, farra e alegria. 

New Orleans é uma Cidade com personalidade única. E uma curiosidade, sobre seu nome, que foi escolhido em 1718, pelos franceses, Nouvelle Orleans, em homenagem a Felipe, duque da Cidade de Orleans, na França


Meios de Transporte


Fomos informados em diversos sites de pesquisa acerca do bom sistema de transporte público da cidade. No entanto, encontrávamos com a proposta de uma ROAD TRIP e neste caso não utilizamos o transporte público para compartilharmos tal experiência. e

No nosso caso recomendamos a utilização de carro, que é altamente recomendável, no entanto salientamos que a região de  French Quarter, a melhor forma de conhecê-la é andando a pé, descompromissadamente, vendo e observando cada cantinho.

Onde se Hospedar

A melhor Hospedagem, sem dúvida, é na área de Downtown, conforme mapa abaixo. Entretanto, como estávamos de carro, ficamos um pouco mais afastado do Centro, ou seja, cerca de 15 minutos de automóvel. Mas para quem quer circular a pé, melhor ficar na região central.


O que fazer em New Orleans

French Quarter




Bourbon Street, French Quarter, New Oleans.


Em nada se parece com as cidades Americanas, mas apresenta charme único! É o coração cultural de New Orleans. É uma área constituída de 6 por 13 quarteirões/quadras, com arquitetura detalhada, e o ponto de partida deve ser o Jackson Square, que é, nada mais nada menos, que a porta de entrada para o French Quarter.

A Jackson Square é inigualável em sua quantidade de músicos, cartomantes, agentes de viagens, e muitos turistas! 


Bourbon Street

Bourbon Street

Diz o ditado que "quem está na chuva é para se molhar", então, estando em New Orleans, impossível não deixar de passar pelo "inferninho" da Bourbon Street, a rua das inúmeras casas noturnas, pubs, restaurantes...  Cada porta é uma passagem para um mundo de muita diversão! Vale a pena perambular pela maioria deles, sem compromisso com o tempo, mas com o entretenimento.


Magazine Street 

Magazine Street.


É a maior rua da região, com aproximadamente 10 km de extensão, possuindo muitos bares, restaurantes e padarias. E um lugar realmente muito bacana para quem deseja conhecer a vida da Cidade, observando a arquitetura das casas, os detalhes, a calmaria, em contradição com a loucura festeira do centro de New Orleans!





Cidade Nova


Mas nem só do velho vive New Orleans. É só observar em volta a cidade, e o novo tenta se fazer reinar perante os bairros históricos. A Canal Street é composta pelas belas lojas, shoppings e prédios altos, contrastando com todo o Old do French Quarter. A impressão que tivemos foi que estávamos em outra cidade. Muito diferente! Mas vale a pena conferir. Para quem vai rodar a pé, a dica é deixar o carro no estacionamento do Shopping.



French Market 



O French Market é um mercado bem antigo da cidade, onde é possível encontrar artesanatos, comidas típicas e bebidas da região. Vale a pena fazer um passeio e adquirir souveniers de New Orleans. Para conhecê-lo, utilize o trem que sai próximo do Hard Rock, na French Quarter.







Voodoo Museum


Apesar do nome soar bem estranho, vale a pena conferir e conhecer o Voodoo Museum e um pouco da cultura trazida pelos escravos africanos. Localizado na Dumaine Street, 724. 








Passeio pelo Rio Mississipi

Navegando pelo Rio Mississipi, New Orleans


O passeio dura cerca de 2 horas, navegando pelas águas do Rio Mississipi. É bacana pois você  tem a oportunidade de  visualizar a Cidade de vários ângulos diferentes, além, é claro, de degustar a culinária de New Orleans, além de prestigiar um show de Jazz durante o passeio.  




Confira algumas das fotos de nossa passagem por New Orleans...





























domingo, 24 de fevereiro de 2013

PALPITES PARA O OSCAR 2013

Para todo cinéfilo, o dia da entrega do OSCAR é um dia especial, e não seria diferente para o blogueiro. Tive a oportunidade de assistir cerca de 80% dos filmes concorrentes (os comentários e avaliações encontram-se na página do blog no Facebook (para conhecer, curtir e acompanhar, clique aqui).

Abaixo os meus palpites para o OSCAR 2013 nas principais categorias.   





- MELHOR FILME - Argo

- MELHOR DIRETOR - Ang Lee ("As aventuras de Pi")


- MELHOR ATOR - Daniel Day-Lewis ("Lincoln")


- MELHOR ATRIZ - Naomi Watts ("O impossível")


- MELHOR ATOR COADJUVANTE - Christoph Waltz ("Django livre")


- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE - Helen Hunt ("The sessions")


- MELHOR FILME ESTRANGEIRO - "Amor" (Áustria)


- MELHOR ROTEIRO ORIGINAL - Quentin Tarantino ("Django livre")


- MELHOR ROTEIRO ADAPTADO - Tony Kushner ("Lincoln")


- MELHOR ANIMACAO - "Valente"


A sorte está lançada!!

CONHEÇA A HISTÓRIA DE CHRISTOPHER J. McCANDLESS - INSPIRAÇÃO PARA O FILME "INTO THE WILD"

Muito bacana essa matéria sobre a pessoa que inspirou o filme INTO THE WILD - Na Terra Selvagem, de Sean Pean.

Abaixo o autorretrato de Christopher Johnson McCandless, também conhecido como Alexander Supertramp, um dos mais famosos viajantes americanos. 



Chris graduou-se em História e Antropologia. Apesar de filho da classe média alta e com graduação universitária, escondia um crescente desprezo pelo materialismo vazio da sociedade americana. Logo após acabar o curso na Emory University, em 1990, Christopher doou os 24 mil dólares que tinha no saldo bancário para instituições de caridade e desapareceu sem avisar a família. Nunca mais voltou para casa.


Devido a um problema com o seu velho carro, Chris teve que abandoná-lo, mas isso não o impediu de continuar sua jornada. Encarou a situação como um sinal do destino e, abandonando junto ao automóvel grande parte dos seus pertences e queimando todo o dinheiro que trazia consigo – cerca de cento e vinte e três dólares – Chris partiu a pé em direção ao Oeste, adotando um novo estilo de vida, no qual era livre e assumia o nome de Alexander Supertramp. Apenas a sua irmã Carine recebia uma carta de vez em quando, e mesmo ela não sabia do seu paradeiro. 

A sua personalidade forte, inteligente e simpática cativava a todos que encontrava no caminho. Chegou de carona até o Parque Nacional Denali, um caminho que leva ao interior do Alasca. A única comida que levava era um saco com cinco quilos de arroz e o seu equipamento era inadequado para a sobrevivência. Ainda assim, estava determinado e nada o faria desistir. 

Alimentou-se do que trazia e do que colheu na natureza, tal como de alguns animais que caçou. Leu vários livros, rabiscando-os com pensamentos próprios sobre a vida. O seu diário contém registros cobrindo um total de 113 dias diferentes, que cobrem do eufórico até ao horrível, de acordo com a mudança de sorte de McCandless. 

Chris passeou por diversos bosques, mas o local onde permaneceu mais tempo foi logo abaixo da Cordilheira Externa, onde ainda hoje se encontra um ônibus abandonado, de número 142 do Fairbanks Transit System, que serviu de residência a Chris, apelidado de Magic Bus, onde pernoitava, e desenhou algumas frases no seu interior, como: “(…) SEM JAMAIS TER DE VOLTAR A SER ENVENENADO PELA CIVILIZAÇÃO, FOGE E CAMINHA SOZINHO PELA TERRA PARA SE PERDER NA FLORESTA”.

Permaneceu cerca de quatro meses nas montanhas, sobrevivendo à custa do que encontrava, totalmente sozinho. Em 6 de setembro de 1992, dois trilheiros e um grupo de caçadores de alce acharam esta mensagem na porta do ônibus:

"S.O.S. Preciso de ajuda. Estou aleijado, quase morto e fraco demais para sair daqui. Estou totalmente só, não estou brincando. Pelo amor de Deus, por favor, tentem me salvar. Estou lá fora apanhando frutas nas proximidades e devo voltar esta noite. Obrigado, Chris McCandless."



O seu corpo foi encontrado em decomposição, embrulhado num saco-cama no interior do ônibus, já morto há cerca de duas semanas. A causa oficial da morte foi inanição. Porém, alguns pensam que foi envenenado acidentalmente por algumas sementes que ingeriu. Nunca se saberá bem a verdade.

Mas Chris McCandless morreu feliz. Ele próprio afirma em uma entrada no diário, percebendo o seu fraco estado de saúde: “Tive uma vida feliz, e agradeço ao Senhor. Adeus e que Deus vos abençoe a todos”.

O ônibus abandonado onde McCandless acampou tornou-se um ponto turístico de aventura. Porém, alguns alasquianos possuem uma opinião negativa tanto de McCandless como daqueles que romantizam a sua morte “Tem-se que ser um completo idiota, para morrer de fome no verão a 30 km de distância da estrada do parque.” dizem eles.

Muitos admiram a sua coragem inabalável de viver com simplicidade, aproveitando as pequenas coisas da vida, sendo completamente livre. Os dois anos de sua jornada servem ainda hoje de exemplo para milhares de jovens que decidem mudar não só o seu futuro, mas também o seu presente. O radicalismo de McCandless foi um ato de liberdade numa sociedade que diluiu o indivíduo à escala de um número de segurança social.

Fonte: Livro “Into The Wild – O Lado Selvagem”.
Texto de Diego Vieira
Blog Imagens Históricas

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

OS 10 MAIORES CLUBES SUL AMERICANOS DO SÉCULO XXI

Ranking elaborado pelo IFFHS, coloca cinco times brasileiros no Top 10, mas dá vitória para time argentino. Veja!

1º) Boca Juniors 

Três Libertadores desde 2001 tornaram o Boca imbatível no ranking.


 2º) São Paulo 

  Maior campeão brasileiro na década, além do título mundial em 2005, o São Paulo ficou na segunda posição, sendo o melhor time do país.


 3º) Santos  

Dois Brasileiros, uma Libertadores e o maior jogador da América do Sul na atualidade deram ao Santos o terceiro lugar.


4º) Cruzeiro  

Sem ganhar títulos nacionais desde a Tríplice Coroa de 2003, o Cruzeiro conseguiu se manter na quarta colocação.


 5º) Vélez Sarsfield  

Atual campeão argentino, o Vélez ficou em quinto e está na Copa Libertadores deste ano.


6º) River Plate-ARG 

 Assim como o Corinthians, o River é outro time que disputou a Segunda Divisão de seu país nesta década que figura no ranking.


7º) Internacional 

 Bicampeão da Libertadores e campeão mundial em 2006, o Inter alcançou a sétima colocação com merecimento.


8º) Libertad-PAR  

Equipe do presidente da Conmebol, Nicolás Leoz, o Libertad ergue nove taças no Paraguai, mas ainda não conseguiu grandes resultados em torneios continentais.


 9º) Corinthians 

 Ao todo, o Timão conquistou, além da Libertadores e do Mundial, dois Brasileiros, duas Copas do Brasil e três Campeonatos Paulistas desde 2001.


10º) Nacional-URU 

 Tricampeão da LIbertadores, o Nacional conquistou sete títulos uruguaios na década. Na foto, o astro Álvaro Recoba.


- CRÉDITOS -

Portal Yahoo

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

CAMARÃO E VINHO: HARMONIZAÇÃO PERFEITA...

Eis uma das minhas harmonizações perfeitas!! VINHO E CAMARÃO!!

Quais as vantagens do delicioso CAMARÃO? 

Segundo vários especialistas no assunto, o camarão como alimento tem ação sobre todos os órgãos. É rico em cobre e vitamina D. Tonifica a energia dos rins e elimina mucosidades. O camarão incorpora energia Telurica (da terra) pelo ambiente em que vive e sua alimentação e sua ação maior para o Homem reflete-se na energia dos Rins, na essência sexual. 

O camarão tem a propriedade de regular o metabolismo celular, aumentando a defesa do corpo contra as doenças. A ação sobre os rins normaliza a pressão arterial, aquece o corpo frio, evita a queda de cabelos, fortalece os ossos e os dentes, combate a astenia e a hipersensibilidade da pele decorrente da presença de sais minerais (cobre) e vitamina D



O camarão produz uns 10000 ovos por dia. Por isto, consumindo-se os ovários do camarão aumenta a vitalidade sexual, a força do organismo, recupera o cansaço, combate a deficiência de energia dos órgãos que leva à hipotensão arterial, ao desânimo, à impotência sexual e às fraquezas.

Prepare o camarão fresco, sem casca, juntando alho cru picado, pimenta do reino, sal, manjericão ou manjerona seca e uma dose de whisky num recipiente deixando marinar 30 minutos. Aqueça a frigideira, pingue azeite, coloque uma porção de camarões, tampe com uma tampa menor que a frigideira e deixe cozinhar no vapor. Sele a tampa com um pouquinho de agua! 

E o vinho?

Segundo diversos especialistas, escolha um Vinho Branco ou Rosé!!! Simplesmente sensacional!!

Bom apetite!!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

FILMES, PEÇAS E EXPOSIÇÕES DE GRAÇA EM BELO HORIZONTE/MG

Por João Renato Faria

Se a falta de dinheiro era uma desculpa para ficar em casa, pode se preparar para sair. Belo Horizonte oferece uma lista diversificada de opções para quem quer curtir um programa cultural sem gastar nada. As alternativas vão de shows à exposições, passando por palestras, debates, peças de teatro e filmes. Confira: 



Cinema


HISTÓRIA PERMANENTE DO CINEMA

Diabo a Quatro, de Leo McCarey (Duck Soup, Estados Unidos, 1933). O filme protagonizado pelos Irmãos Marx foi eleita a quinta melhor comédia de todos os tempos pelo American Film Institute. O filme, com direção de Leo McCarey, lida com o universo da ditadura e traz críticas mordazes a esse regime político (60 min). Livre. Cine Humberto Mauro (136 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro. Telefone: 3236-7400. Quinta (21), 17h.

CINEMA EM TRANSE

Alma Corsária, de Carlos Reichenbach. (Brasil, 1993). Através da amizade de dois poetas, que lançam um livro a quatro mãos, o filme faz um inventário de três décadas da história brasileira. 16 anos. Sesc Palladium. Av. Augusto de Lima, 420, Centro. Telefone: 3279-1500. Terça (19), 20h. 

Confira a programação completa de cinema em BH no nosso roteiro. Clique aqui!


Exposições

DONA IZABEL E OUTROS CONTEMPORÂNEOS. Uma das maiores representantes da linguagem popular, a ceramista Izabel Mendes da Cunha, a dona Izabel, ganha mostra na galeria de arte do Sesc Palladium. A exposição traz cinco das famosas bonequinhas de barro da artista e doze obras de outros seis autores convidados. Completam a homenagem obras dos mineiros Yara Tupynambá, Erli Fantini, Bruno Amarante, Juliana Capibaribe, Lucas Dupin e Adel Souki, produzidas especialmente para a mostra. Sesc Palladium -- Galeria de Arte GTO. Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro. Telefone: 3214-5350. Terça a domingo, 9h às 21h. Até domingo (24). 

JOSÉ PAULO. JProrrogada a visita à instalação Inventário/Argila, na galeria da Funarte. O artista José Paulo realizou pesquisas em olarias de cerâmica popular e conversou com artistas de Belo Horizonte e seus arredores. Na mostra ele apresenta centenas de peças de argila que, ao longo do período de exposição, serão postas em contato com a água e perderão sua forma original. Funarte. Rua Januária, 68, Floresta. Telefone: 3213-7112. Segunda a sexta, 10h às 18h. Até quinta (21). 

SOLANGE PESSOA. Prorrogada a mostra da artista na galeria Manoel Macedo. Por meio de objetos, instalações, performances, happenings, desenhos e vídeos, Solange Pessoa apresenta ao público sua visão poética de temas ligados à natureza e à relação do homem com a paisagem. Manoel Macedo Galeria de Arte. Rua Lima Duarte, 158, Carlos Prates. Telefone: 3411-1012. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 10h às 14h. Até este sábado (16).

NARRATIVAS DO SAMBA E DO CARNAVAL. Retratada por meio de fotografias, jornais antigos, depoimentos, cartazes e objetos, a mostra do documentarista Marcos Valério Maia conta a história do samba na cidade, e traz o Carnaval de escolas de samba, blocos e outras agremiações. Museu Histórico Abílio Barreto. Avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim. Telefone: 3227-8573. Terça, sexta, sábado e domingo, 10h às 17h; quarta e quinta, 10h às 21h. Até 1º de abril 

30ª BIENAL DE SÃO PAULO - A IMINÊNCIA DAS POÉTICAS SELEÇÃO DE OBRAS. Todas as galerias do Palácio das Artes e o Centro de Arte Contemporânea e Fotografia, na Avenida Afonso Pena, abrigam cerca de 270 trabalhos exibidos na bienal em São Paulo, que contou com 3 000 obras expostas. Foram selecionados alguns dos trabalhos mais comentados da mostra, como a instalação do brasileiro Arthur Bispo do Rosário, a performance do taiwanês Tehching Hsieh e a série do fotógrafo alemão August Sander. Palácio das Artes - Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard, Galeria Arlinda Corrêa Lima e Galeria Genesco Murta. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro. Telefone: 3263-7400. Terça a sábado, 9h30 às 21h; domingo, 16h às 21h. Centro de Arte Contemporânea e Fotografia. Avenida Afonso Pena, 737 (Praça Sete), Centro. Telefone: 3263-7400. Terça a sábado, 9h30 às 21h; domingo, 16h às 21h. Até 17 de março.

Confira mais exposições no nosso roteiro. Clique aqui!


Palestras e debates

CRIATIVIDADE E DESIGN. Como parte da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, a palestra ministrada por Gustavo Greco vai discutir o que é design e as formas criativas dele ser aplicado. Funarte. Rua Januária, 68, Floresta. Quarta (20), 19h30

FOTO EM PAUTA ESPECIAL. Os fotojornalistas mineiros que estão expondo na 1º Mostra de Fotografia Mineira, no Oi Futuro, vão debater a prática no estado, a estética específica e a produção da fotografia jornalística contemporânea. Oi Futuro. Avenida Afonso Pena, 4001, Serra. Telefone: 3229-3131. Quarta (20), 19h30. 



Shows

SANDUCKA. O cantor assume influências de Milton Nascimento, Tom Jobim, Djavan e Gonzaguinha. Prevê para este ano o lançamento de seu sétimo disco, chamado Bons Amigos. Participa há quatro anos do projeto Minas ao Luar. Livre. Memorial Minas Gerais -- Vale. Praça da Liberdade, s/n°, Funcionários (esquina com a Rua Gonçalves Dias). Neste sábado (16), 16h.

FLÁVIO RENEGADO. O artista mineiro é o convidado para abrir a temporada 2013 do Projeto Café com Música, no Palácio das Artes. O rapper apresentará músicas como Minha Tribo é o Mundo, A coisa é séria e Do Oiapoque a Nova York. Café do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena 1.537, Centro. Telefone: 3236-7400. Quarta (20), 19h.

Confira mais shows no nosso roteiro. Clique aqui!

Teatro

MEDEIA, de Eurípides. A tragédia do poeta grego conta a história de Medeia, que mata os próprios filhos para se vingar do marido (Jasão), que a havia trocado por uma mulher mais jovem e mais rica. Direção de Andreya Garavello (120min). Livre. Estreou em 1/9/2012. Teatro de Arena - Parque das Mangabeiras. Rua Caraça, 900, Serra. Estes sábado (16) e domingo (17), 16h30. 

REI LEAR, de Shakespeare. A adaptação do texto do dramaturgo inglês está sendo encenada nos espaços públicos de BH pela Companhia Lúdica dos Atores. A história do monarca que decide dividir entre as filhas a sua riqueza aborda as reações dos personagens, movidos pela ambição. Direção de Ricardo Martins. (60 min). Livre. Sábado (23), 16h. Praça Economiza - Av. Erico Verissímo, Santa Mônica. Domingo (24), 11h. Parque Municipal. Avenida Afonso Pena, Centro.


- CRÉDITOS -

VEJA BH

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

DICA DA SEMANA: CERVEJA + AMIGOS

A happy hour de sexta-feira está marcada desde a segunda. O encontro com os amigos faz você dar um gelo no estresse.



"A socialização descentraliza pensamentos negativos para algo agradável e engraçado. O álcool colabora por ser um relaxante", afirma Ana Maria Rossi, psicóloga e Presidente da International Stress Management Association no Brasil (ISM-BR), em Porto Alegre/RS.

BRINDE CERTO: Você e seus amigos extrapolam às vezes? Então, aposte nas cervejas estilo PILSEN. Não estufam tanto quanto as mais encorpadas, como as ABADIAS ou STOUT. 

"A Pilsen é mais leve e possui as quantidades de malte, lúpulo e cereais bem balanceadas. Logo, tem menor teor alcóolico", diz Luciano Horn, mestre cervejeiro da AMBEV. " Esse tipo não dá tanta sensação de barriga estufada. As pilsen light vem ainda com 25% menos calorias que a cerveja-mãe"

- CRÉDITOS - 

Men's Health 

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

TAM É A PRIMEIRA EMPRESA AÉREA BRASILEIRA A EMITIR BILHETES PARA PASSBOOK DO IPHONE


Passbook é um recurso presente no iOS6, que permite que cartões de embarque, ingressos de cinema e shows sejam utilizados diretamente no iPhone sem a necessidade de impressão.
No mundo todo, várias empresas aéreas como Air Canada, ANA, American Airlines, Delta, Lufthansa, Qantas, Turkish e United já estão fazendo uso desde recurso.

Quem tem um iPhone 5 ou alguma versão anterior do aparelho rodando o iOS 6, não precisa instalar nenhum aplicativo adicional. Basta acessar o site da empresa pelo iPhone e fazer o check-in pelo navegador. Ao final do check-in é disponibilizado um link que ao ser clicado envia as informações do seu cartão de embarque para o aplicativo Passbook do seu iPhone.

A partir daí, mesmo sem Internet, você poderá consultar os dados da sua viagem e embarcar sem a necessidade de imprimir nada. Além disso o Passbook permite que caso haja alguma alteração no seu voo, as informações sejam modificadas no seu cartão de embarque. Supondo que seu voo mude de portão, a empresa aérea pode alterar essa informação e dessa forma ao consultar seu cartão no Passbook você já teria a informação atualizada.
Para iniciar o check-in, basta acessar www.tam.com.br pelo navegador do iPhone.
- CRÉDITOS -
Blog MELHORES DESTINOS



sábado, 9 de fevereiro de 2013

CERVEJAS BRASILEIRAS PODERÃO CONTER FRUTAS, LEITE E MEL SEM RESTRIÇÕES


As cervejarias brasileiras vão poder usar sem restrições produtos de origem animal – como mel e leite – e frutas em suas bebidas, possivelmente ainda no primeiro semestre. 

Esta é uma das alterações que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) fará no decreto 6.871/2009, que regulamenta a produção de cerveja no país, a partir de uma consulta pública que deverá ser aberta ainda este mês.

— O Brasil já importa cervejas que contêm estes ingredientes, mas existe o impedimento à produção local. Este foi um consenso na reunião. Temos um mercado imenso e estamos cerceando os nossos produtores — afirmou o diretor substituto do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal do Mapa, Álvaro Viana.



Antes de elaborar o texto para consulta, o Mapa convidou representantes do setor para uma reunião de dois dias em Brasília, que começou nesta terça-feira e terminou hoje. A consulta deverá ficar aberta por 60 dias para que o projeto receba sugestões do público em geral. Finalizado, o documento será submetido para análise do departamento jurídico do ministério e encaminhado ao Gabinete da Casa Civil da Presidência da República.

— Abrimos o diálogo com o setor, não só com as grandes indústrias, mas também com os produtores artesanais e caseiros, para buscar eliminar os anacronismos na lei.

No caso das frutas, a legislação até prevê a adição de suco, essência natural, extrato de vegetal, mas exigindo a denominação “cerveja com (nome do vegetal)”. Mas a vedação aos produtos de origem animal impede a produção nacional de cervejas com chocolate (que normalmente possuem leite na composição) e das chamadas “milk stout”, adoçadas pela lactose, e de mel (como a “Honey Ale” produzida na Casa Branca pela equipe do presidente Barack Obama).

Indústria poderá ter que declarar uso de corante em cervejas escuras

O Mapa discutirá ainda o texto em uma câmara técnica de representantes dos ministérios de agricultura dos países do Mercosul, Comissão de Alimentos do Subgrupo de Trabalho nº 3. O bloco possui um regulamento conjunto sobre a produção de cervejas, que é adotado pelo Brasil, por meio da Instrução Normativa 54/2001 do Mapa.

Após analisar o texto, a Casa Civil consultará outros órgãos envolvidos na regulação da atividade cervejeira, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Receita Federal, e enviará o resultado para sanção da presidente Dilma Rousseff.

declaração do uso do corante caramelo – que dá a cor a muitas cervejas industrializadas – poderá passar a ser exigido no rótulo, o que atualmente não é obrigatório.

Também começou a ser discutida a produção de cervejas sem lúpulo, ingrediente que é atualmente obrigatório na composição do produto. A planta, que fornece amargor e ajuda a conservar a bebida, é amplamente usada há cerca de mil anos, mas ainda existem antigas receitas alemãs de cervejas que utilizam uma mistura de ervas conhecida como "gruit", que também não podiam ser produzidas no país.

— Em relação a todas estas questões, houve posições bastante distintas, que terão de ser consolidadas pelo ministério. Seria prematuro afirmar qualquer coisa no momento.

O CervBrasil, associação que reúne as quatro principais cervejarias do país (Ambev, Heineken, Kirin Brasil e Petrópolis), informou que "as conversas com Brasília terão continuidade e, por isso, prefere não se manifestar antecipadamente a qualquer resolução".

Também presente à reunião, Marco Falcone, dono da Cervejaria Falke, de Minas Gerais, elogiou a disposição do ministério para ouvir os pequenos produtores na discussão das alterações.

— Eles estão abertos para normatizar no país, aquilo que já é feito em todos os outros lugares do mundo. É um alinhamento que nunca tinha ocorrido no Brasil .

- CRÉDITOS -

O GLOBO ON LINE

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A "DESASTROSA" REINAUGURAÇÃO DO MINEIRÃO

Sou frequentador do Mineirão desde o final do anos 80 e início dos anos 90! Tive a oportunidade de assistir grandes jogos do Atlético Mineiro e da Seleção Brasileira, num tempo em que você sentava na arquibancada, tomava uma cerveja e comia um belo e suculento tropeiro! Simples assim! 



O tempo foi passando, as exigências envolvendo conforto e profissionalismo, consequências óbvias dos tempos modernos, e principalmente o dinheiro, passaram a ter mais importância que o futebol em si, tudo visando a Copa do Mundo 2014 no Brasil.

O Gigante  da Pampulha, dentro deste contexto, foi fechado para as obras da COPA no dia 6 de junho de 2010, obrigando os clubes de Belo Horizonte a adotarem a Arena do Jacaré, localizada a mais de 60km de BH, na cidade de Sete Lagoas/MG, como "casa provisória", e posteriormente, no ano de 2012, o Estádio Independência.

No último dia 21 de dezembro de 2012, com a presença da Presidente Dilma e toda uma legião de políticos de todos os partidos e ideologias, o Estádio Magalhães Pinto foi reinaugurado com toda pompa e festejo, com show da banda Jota Quest e a presença de cerca de 20.000 pessoas, tudo ao custo de quase 700 milhões de reais.

E a expectativa era enorme visando o primeiro jogo oficial, previamente marcado para o dia 3 de fevereiro de 2013 entre Cruzeiro x Atlético, jogo antecipado da 3 rodada do Campeonato Mineiro. 

Eis aqui o início de nossa saga!!

Decidimos pela compra dos ingressos via internet, imaginando as filas quilométricas que costumeiramente acontecem em jogos de grande porte, o que realmente aconteceu! A venda de ingressos nos postos físicos começaria na quinta dia 31 de janeiro e analisando o publicado pela imprensa em geral, foi um verdadeiro martírio. Atleticanos na fila desde o dia 26 e cruzeirenses desde o dia 29. Resultado? 3 horas de atraso para o início das vendas. No Minas I, posto de vendas para atleticanos, o tempo de espera foi ainda maior, só a partir de 1530hs.

Começamos as inúmeras tentativas de compra pela internet na manhã do dia 31, utilizando para tanto o site www.futebolcard.com, autorizado pela Minas Arena, com a promessa de rapidez e qualidade no atendimento. Para nossa surpresa (ou não!!) uma compra que deveria durar cerca de minutos transformou-se em um segundo martírio com a duração de uma manhã inteira! Os dizeres "Site em Manutenção" foi uma constante!! E o pior: tivemos que pagar 10% a mais pelo transtorno a título de serviço e ainda retirar o bilhete nos postos de troca.  



No grande dia, a equipe designada para os trabalhos efetuou planejamento detalhado: iniciar o deslocamento para a região da Pampulha por volta do meio dia, chegada na região do Bairro São Luiz por volta de 1240hs, início dos trabalhos de hidratação na residência de um dos atletas da equipe cervejeira de 13hs até 15hs, deslocamento para reconhecimento do entorno do Gigante até 16hs, entrada por volta das 1615hs e início do jogo às 17hs.

E para nossa surpresa o trânsito da Av Antônio Carlos, roteiro de deslocamento para atleticanos, encontrava-se com claros sinais de congestionamento quase 5 horas antes do início da partida, mesmo com toda propaganda governista acerca das melhorias executadas e mais alguns milhões gastos nas obras. Posteriormente, através de contatos com alguns amigos que também compareceram ao Estádio, tivemos informações que a partir das 14hs o trânsito nas imediações e adjacências da Av Antônio Carlos tornara-se impraticável e diversos torcedores simplesmente estacionaram seus veículos nas proximidades até do Shopping Del Rey para o restante do deslocamento a pé.   




Outra piada de péssimo gosto: aqueles que se aventuraram a chegar mais cedo no Mineirão tiveram o desprazer de aguardar até as 14hs, quando os portões do Estádio finalmente foram abertos. Consequência óbvia? Filas e mais filas de veículos do lado externo do Mineirão.

Para aqueles que decidiram estacionar nas ruas adjacentes ao Estádio, mormente o Bairro São Luiz, as ruas estreitas e o trânsito intenso foram outros fatores dificultadores.



O fato de um de nossos companheiros residir no Bairro São Luiz contribuiu de maneira decisiva para o sucesso da empreitada visando estacionamento! Chegamos por volta das 1240hs e iniciamos os trabalhos de hidratação, regados a cervejas estupidamente geladas e vídeos dos últimos jogos do GALO no Brasileirão 2102, cortesia da TV GALO HD.



Por volta das 1430hs, momento em que toda equipe encontrava-se devidamente hidratada, iniciamos o deslocamento até o Estádio do Mineirão pelas ruas do Bairro São Luiz, na expectativa de degustarmos mais algumas brejas antes do início da partida!

Eis que os problemas estavam apenas começando!!

Ruas lotadas de torcedores, bombas lançadas a esmo e até a Tiazinha do GALO, isso tudo é normal e plenamente aceitável para um clássico ATLÉTICO X CRUZEIRO, mas FALTAR CERVEJA em todos os bares localizados nas proximidades do MINEIRÃO, isso sim é inadmissível! 







Ainda nas proximidades do Mineirão, um dos componentes da equipe infelizmente foi vítima de furto de seu ingresso! O autor, após fugir em desabalada carreira, foi perseguido e preso por populares. A Polícia Militar, após acionada, assumiu a ocorrência, no entanto...nosso amigo permaneceu na Delegacia até 21hs, pois simplesmente não existia Delegado de Polícia para o início do flagrante! Resultado: perdeu tanto o ingresso quanto o jogo! Simplesmente absurdo! 

Com a falta de cerveja e o calor intenso, decidimos então adentrar ao Gigante da Pampulha! Eis as novas desagradáveis surpresas: desorganização total na entrada, filas imensas, falta de orientação aos torcedores acerca da localização dos setores, catracas estragadas e o mais grave: falta de revista pessoal junto aos torcedores, ou seja, um cidadão mais "desinformado" adentraria tranquilamente ao Estádio portando faca, porrete e até arma de fogo, pois os civis encarregados da "busca pessoal" simplesmente ignoravam os torcedores.




No interior do Estádio não foi diferente: Dos 58 bares disponíveis, apenas 02 encontravam-se abertos (água, refrigerante, comida e afins acabaram em minutos, pelos preços módicos de R$ 7,00 um refri quente ou R$ 4,00 uma garrafa dágua! O tropeiro será vendido a R$ 10,00!!).

Outras constatações: Banheiros fedorentos, sem água, luz e papel higiênico e bebedouros que não funcionavam. Pouco? Os setores não possuíam qualquer tipo de sinalização, os funcionários de serviço não tinham conhecimento dos locais dos assentos e na parte interna do Estádio obras mal acabadas para todo lado! O velho jeitinho brasileiro deitava e rolava no Gigante da Pampulha!

   

Como havia policiamento ostensivo apenas na divisão de torcidas, houve invasão de setores, presença de latas de refrigerantes cheias nas mãos de torcedores nas arquibancadas e cerca de 120 cadeirantes simplesmente não tiveram como entrar no Estádio e retornaram para suas residências, ou seja, desrespeito total e irrestrito a todos ali presentes, que foram tratados como GADO! O consórcio MINAS ARENA deu um show de incompetência e desorganização! Eis o padrão BRASIL COPA de qualidade!





CONCLUSÃO: Realmente a parte interna do MINEIRÃO ficou muito bonita, mais confortável e com visão privilegiada, no entanto é fato que o Estádio foi REinaugurado pelo menos 6 meses antes do momento ideal!

Que o Governador e o consórcio MINAS ARENA façam uma reavaliação criteriosa sobre as condições deste MONUMENTO do povo mineiro!

FORÇA NA LUTA SEMPRE!!